data
descrição

O Centro Cultural Casa da Luz oferece, no mês do orgulho LGBT, uma mostra cultural coletiva de artes plásticas, artes cênicas, cinema, roda de conversas, tudo girando em torno da diversidade.

ARTES PLÁSTICAS

“ BIXA AINDA POR CIMA “ – EXPOSIÇÕES E VIDEO ARTE
A mostra fala sobre paixões ,descobertas e trajetória sobre luta, dor, desejo e beleza.
Beleza de uma bixa preta que não pode deixar sua arte/voz escondida.
Artista Felipe Campos

“ COTO DE CAZA “ – EXPOSIÇÃO
Explorando lugares ilícitos de sexo homossexual na cidade de Lima no Peru. Esta série tem como objetivo não apenas mostrar a dimensão física desses lugares, mas também dar ao espectador uma idéia das experiências momentos e emoções pelos quais você passa quando mergulha neste grande espaço fragmentado por toda a cidade
Artista Juan Yactayo Sono

“ VIVENCIAS, ALEGRIAS E TRISTEZA DOS CORPOS TRANS “- EXPOSIÇÃO
As obras são baseadas no cotidiano das pessoas trans seus corpos sexualidade, nos dias alegres e tristes
Artista Marcos Belarmino

“ TEMPERO DA CARNE “ –  EXPOSIÇÃO
É um projeto visual que surgiu com o incômodo das imposições que a sociedade nos obriga a ser e a viver de uma forma oposta da que somos. Todos os dias, construímos e idealizamos máscaras invisíveis para camuflar nossas ações, pensamentos e desejos. Muitas vezes essa não é uma tarefa simples nem prazerosa, boicotando nossos impulsos, para proteger nossa intimidade e nossa real identidade.
Para materializar essa tal invisibilidade das máscaras, os corpos nus – sem pudores, interferências ou amarras – foram temperados da cabeça aos pés, com os mais variados tons, aromas e sabores, e assim,
tornamos visíveis essas distintas personalidades que consumimos e nos consomem.

“DEGENERADXS” -FILME E RODA DE CONVERSA
É a construção de uma metáfora político-performativa em formato de curta-metragem se propondo a friccionar as realidades e possibilidades de um corpo que foge das normas vigentes habitando os espaços públicos da cidade grande. São Paulo é o cenário social
Transviadas Libertárias

SARAU “PAPO DE MINA”
Um sarau artístico e literário onde as grandes protagonistas do evento são mulheres e LGBTs , visando expandir e evidenciar a produção artística e cultural desses dois universos que se complementam e lutam juntos por igualdade, respeito e direitos. O sarau reúne mulheres e Lgbt’s de todas as regiões do Brasil, que atuam na produção dos mais variados tipos de manifestações artísticas. O sarau é composto por apresentações musicais, poesia, intervenções em geral, roda de conversa e discotecagem..

“SARAU DO INFINITO”
Com o objetivo de levar á periferia meios de desconstrução de pensamentos moldados por uma sociedade conservadora e abrir espaço de fala para vozes da periferia é que o Sarau do Infinito nasceu.
O sarau é a consequência da falta de espaço para que poetas negros dentro do espaço cultural da cidade de São Paulo possam tratar sobre questões que afligem diretamente e massivamente seu universo, como o racismo, a sexualidade, a periferia, a sobrevivência, a política e o amor.
Os próximos passos do Sarau visam a expansão, a cruzar fronteiras, quebrar barreiras, conhecer cada vez mais artistas das mais variadas vertentes e abrir portas para que todas as vozes da periferia, sejam elas quais forem, sejam ouvidas.

Entrada Gratuita

Horários: Abertura dia 13.06 – 17:00 às 00:00

Dia 16 ao dia 28 – visitação: de terça à sexta – das 14:00 às 22:00

fotos
onde?
Casa da Luz
Rua Maua, 512
São Paulo - SP